Ron Wood

Ron Wood, guitarrista dos Rolling Stones, recebeu autorização dos médicos após contrair um agressivo câncer de células pequenas

Ronnie Wood

O guitarrista do Rolling Stones, Ron Wood, anunciou no início desta semana que havia sido diagnosticado recentemente com um raro e agressivo câncer de pequenas células, mas recebeu o “tudo ok” de seus médicos.

Wood revelou o diagnóstico — que marca sua segunda luta contra o câncer — em entrevista com “The Sun“. Um representante de Wood confirmou o diagnóstico também à revista “Rolling Stone“. “Eu tive câncer de duas maneiras diferentes agora”, disse Wood na entrevista. “Tive câncer de pulmão em 2017 e tive células pequenas mais recentemente que lutei no último confinamento.”

O câncer de células pequenas pode crescer rapidamente e é tipicamente encontrado nos pulmões, embora também possa aparecer na próstata, pâncreas, bexiga ou linfonodos. Wood não deu mais detalhes sobre o diagnóstico, mas apesar do perigo potencial, ele disse que “veio com o tudo ok”.

Wood creditou seu hobby preferido de pintar como uma das coisas que o ajudou durante o segundo diagnóstico, enquanto ele também falou sobre como as lições que aprendeu na recuperação do vício e que desempenharam um papel fundamental. “Estou passando por muitos problemas agora, mas durante toda a minha recuperação, você tem que deixá-lo ir”, disse ele. “E quando você entrega o resultado para o seu poder superior, isso é uma coisa mágica. Isso te traz de volta à Oração da Serenidade: “Conceda-me a serenidade para aceitar as coisas que não posso mudar”. Isso é incrível. O que será será, não tem nada a ver comigo.

Ronnie Wood

O primeiro diagnóstico de câncer de Wood, em 2017, supostamente exigiu uma operação para remover parte de seu pulmão. Em 2018, Ron disse que estava livre do câncer, acrescentando na época: “Se seu corpo está cheio de câncer, é uma causa perdida. Felizmente, todas as minhas estavam contidas em uma parte do pulmão esquerdo e tive a sorte de levar um pequeno tiro dele, bang. Não havia mais nenhum no resto do meu corpo, então eu não precisava de quimioterapia.”

Veja mais: Os lançamentos da Gibson em 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui