O headstock maior agora estará com todos os instrumentos inspirados pela Gibson como parte de uma ampla revisão de toda a gama Epiphone para 2020.

A Gibson anunciou, NAMM 2020, uma revisão maciça de sua marca Epiphone, e a mudança mais notável delas é o headstock para seus modelos Les Paul e SG. O formato do headstock Kalamazoo é muito próxima do famoso design de “livro aberto” dos originais Gibson, e faz com que esses novos instrumentos se sintam muito mais próximos de seus irmãos mais caros – algo que os fãs vêm pedindo há muitos anos.

As novas guitarras com headstock Kalamazoo fazem parte da “Inspired By Gibson Collection”, que reúne todas as guitarras derivadas da Gibson na linha Epiphone. Gibson afirma que cada guitarra da nova coleção foi redesenhada a partir das plantas originais e apresenta eletrônicos atualizados e acabamentos clássicos.

As guitarras com o design do headstock Kalamazoo são os modelos Epiphone Les Paul Junior, Les Paul Special, SG Special, Les Paul Standard 50s, Les Paul Standard 60s, SG Standard e 61 SG Standard c/Maestro.

Também fazem parte da Coleção Inspired by Gibson os modelos Designer Collection Explorer, Firebird e Flying V, bem como uma Les Paul Studio e Les Paul Modern (ambas com a headstock Kalamazoo).

É claro que a Epiphone é mais do que apenas instrumentos derivados da Gibson – a marca criou muitos instrumentos icônicos em sua longa e histórica história, e essas guitarras são representadas pela nova coleção Epiphone Original.

Esta nova coleção está sendo encabeçada pelo violão “Texan” que está mais uma vez sendo feito nos EUA. A Gibson fez vários violões Epiphone limitados nos EUA ao longo dos anos, mas este violão, feito na fábrica Gibson Acoustic em Montana, dará início à nova linha Epiphone Made In USA que oferecerá os designs clássicos da marca com construção americana.

Uma das guitarras mais lindas é a Joe Bonamassa Black Beauty. Mais uma vez, o guitarrista fez parceria com a Epiphone para replicar uma de suas guitarras mais premiadas, sua Gibson “Blackbeauty” Les Paul Custom. Quando Bonamassa visitou a Hauer music em Centerville, Ohio, ele saiu da loja com uma Gibson Gibson Les Paul Custom 1958 preta. A Blackbeauty é uma das guitarras elétricas mais raras e cobiçadas.

Esta recriação da edição limitada tem um braço com perfil dos anos 50, corpo de mogno sem alívio de peso, tarraxas vintage exclusivas, capacitores Orange Drop, potenciômetros CTS, dois captadores Epiphone ProBucker 2 e um ProBucker 3, Jack Switchcraft, e case clássico preto com hardware dourado e forro de pelúcia ouro amarelo.

Como se isso não bastasse, a Epiphone também está lançando uma nova gama de acústica Masterbuilt inspirada nos clássicos dos anos 60 da marca, uma nova Coleção UpTown Kat ES derivada da ES, e a Les Paul e SG Muse Collection, voltada para músicos iniciantes.

Veja mais: Os lançamentos da Gibson em 2020

“Estamos evoluindo a Epiphone e lançando-a com um novo visual e novas coleções. Estamos voltando ao básico simplificando as coleções em Epiphone Originals e Epiphone Inspired by Gibson”, disse Cesar Gueikian (CMO da marca).

“O próprio Les Paul começou a trabalhar na sua guitarra solidbody na fábrica da Epiphone na Rua 14, Nova York em 1941. A história todos já conhecem, a Gibson lançou o modelo Les Paul uma década depois, indiscutivelmente a guitarra mais icônica de todos os tempos. Estamos prestando homenagem a essa herança.” Citou o CEO da Gibson, JC Curleigh.

Fotos: Divulgação Epiphone

Saiba mais em epiphone.com

Fonte: site britânico Guitar.com.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui