A Fender lançou diversos modelos de guitarras em 2020, entre elas estão guitarras signature, modelos com visual diferente, e a volta da HM Strat.

As signature são sempre um caso à parte, na lista estão H.E.R. Stratocaster, a Eric Johnson ‘Virginia’ Stratocaster, a Jim Root Jazzmaster V4 e a Tom Morello Soul Power Stratocaster, a série Parallel Universe, os violões híbridos Acoustasonic.

As novas guitarras signature da Fender

O modelo da cantora de R&B H.E.R. vem com acabamento Chrome Glow no corpo de alder, a pickguard é de alumínio anodizado e os captadores são Fender Vintage Noiseless.

O braço em peça única tem o perfil em formato de “C”, é mais fino no primeiro traste, e mais grosso no décimo segundo, o headstock vem pintado na mesma cor do corpo. A escala tem raio de 9,5” e 21 casas com trastes vintage. A ponte é o tradicional tremolo vintage de 6 parafusos e as tarraxas também são modelo vintage. O neckplate vem com os logos da Fender e da Artista gravados. Preço: US$ 1.099,00

A Eric Johnson ‘Virginia’ Stratocaster, foi desenvolvida baseada na Stratocaster 1954 do músico, que foi usada em álbuns como ‘Ah Via Musicom’ e ‘Tones’.

O corpo é de sassafras, uma madeira rara, com fiação personalizada e outros detalhes que ainda não foram divulgados. Preço: US$ 2.499,00.

A Tom Morello Soul Power Stratocaster é a signature do guitarrista do Rage Against the Machine e Audioslave. E o modelo é justamente o mesmo que ele usava na época desta última.

As especificações são, corpo em alder, braço em maple Deep-C, escala em rosewood com raio composto de 9.5 a 14″ e ponte Floyd Rose. O captador da ponte é um Seymour Duncan Hot Rails e, no braço e meio, dois single coils Fender Noiseless, não poderia faltar o kill switch, acessório muito usado por Tom Morello. Preço: US$ 1.399,00.

A Jim Root Jazzmaster V4, do guitarrista do Slipknot, tem captação ativa EMG Daemonum, que também são signature de Root, o acabamento é em Polar White.

A guitarra traz apenas um controle de volume, chave seletora de captadores com três opções e ponte hardtail. Preço: US$ 1.399,00.

Série Parallel Universe II

A Fender anunciou as novas guitarras da linha Parallel Universe. São oito modelos no total que quebram sua tradição dos estilos clássicos.

Uptown Strat: corpo em mogno de Fiji, captadores humbucker Double Tap, braço em mogno com escala de raio 9.5″, Synchronized Tremolo de 2 pivôs e controles de volume e tone individuais para cada captador (como nas Les Paul). Preço: US$ 1.999,99.

Strat Jazz Deluxe: corpo de Jazzmaster com braço de Stratocaster. Tampo em maple, braço em rosewood de uma peça só, captaores Texas Special. Ponte American Pro Strat (2 pivôs). Preço: US$ 2.299,99.

Troublemaker Tele Deluxe Bigsby: captadores Humbucker Double Tap, corpo e braço em mogno, ponte com vibrato Adjusto-Matic Bigsby e escala em ébano. Preço: US$ 2.499,99.

Troublemaker Tele Deluxe: captadores Humbucker Double Tap, corpo e braço em mogno como na Tele Deluxe Bigsby. Ponte tune-o-matic. Preço: US$ 2.399,99.

Spark-O-Matic Jazzmaster: corpo é em 3 partes com bloco central em mogno e laterais em ash, captadores minihumbucker Seymour Duncan SM-1N e SM-3B, ponte American Professional Jazzmaster. Braço em deep C e escala em ébano com raio de 9.5″. Preço: US$ 1.999,99.

Maverick Dorado: com especificações semelhantes à antiga Custom/Maverick de 1969, corpo em alder, captadores Filter’Tron, ponte com vibrato Adjusto-Matic Bigsby B50, braço C-shape estilo anos 1960 e escala em ébano. Preço: US$ 2.499,99.

Tele Mágico: corpo thinline de ash, tampo em swamp ash, braço em flame maple com formato soft “V” para “C”, 21 trastes medium-jumbo, dois captadores Fender Gold Foil e escudo Cabronita. Preço: US$ 2.299,99.

Jazz Strat: corpo em alder de stratocaster com configuração de braço, ponte vibrato e captação de Jazzmaster, escudo customizado Decoboom Streamline Pinstriped, knobs de alumínio, escala em ébano e captadores Pure Vintage ’65 single-coils. Preço: US$ 1.999,99.

Leia mais: Fender lança a custom shop Rocky Srat George Harrison

O retorno da HM Strat

A Fender HM Strat volta com uma versão atualizada. Sua produção foi originalmente de 1988 a 1992, entrou no mercado para brigar com as Superstrats da Jackson, Kramer e Ibanez.

Foram produzidas apenas 300 unidades, tem ponte Floyd Rose Special (fabricada na Coreia), o corpo é em basswood, o braço é superfino e a escala pode ser de maple ou rosewood com raio de 17″.

As características da guitarra foram mantidas como nas antigas, corpo de basswood, captação HSS com chave para splitar o captador da ponte, 24 trastes jumbo, tarraxas Gotoh. A sigla HM significa “Heavy Metal” indicando que a Fender HM Strat é própria para guitarristas do hard rock e heavy metal. Está disponível em quatro cores: azul, branca, amarela ou rosa.

Os novos modelos híbridos American Acoustasonic Stratocaster.

O versátil instrumento é um misto de violão e guitarra. A parceria Fender e Fishman proporciona desde timbres de violão até de guitarra. Um potenciômetro “Mod” seleciona os “voices” dos 3 sistemas de captação, o captador Fishman no cavalete, sob o rastilho, o Fishman Acoustasonic Enhancer e o captador magnético Fender Acoustasonic Noiseless.

Fotos: divulgação Fender

Conheça mais lançamentos em fender.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, insira seu comentário!
Por favor insira o seu nome aqui